Niterói entrou nesta semana em situação de alto risco para a ocorrência e propagação de incêndios em áreas protegidas e de vegetação urbana. O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói, a partir da Seção de Meteorologia, informa que as atuais condições meteorológicas (elevada temperatura e baixa umidade) aumentam a vulnerabilidade para a ocorrência de fogo na vegetação.

Além de destruir a vegetação, as queimadas também podem danificar residências, comércios e indústrias, além de causar prejuízos como destruição da fauna local, empobrecimento do solo, redução da qualidade do ar e aumento da temperatura.

Devido à situação de alerta, a Defesa Civil implantou o programa Niterói Contra Queimadas. Esse projeto consiste em uma série de medidas de monitoramento, prevenção e apoio às equipes de combate aos focos de incêndio. Dentre elas: acompanhamento constante das condições meteorológicas e consequente avaliação do nível de risco para a ocorrência de incêndio em Vegetação; formação de grupos de voluntários capacitados (Nudec Queimadas); e realização de rondas preventivas em áreas vulneráveis previamente mapeadas.

A Prefeitura solicita que, caso a população verifique a prática criminosa de queimadas ou demais focos de incêndio em vegetação, entre em contato com o Corpo de Bombeiros – 193 e com a Defesa Civil – 199. A ligação é gratuita.

Orientações

– Não soltar balões. Além do risco de gerar incêndios, essa prática constitui crime

– Não soltar fogos de artifício em áreas de vegetação

– Não queimar lixo

– Não lançar pontas de cigarro nas margens das ruas e rodovias

– Não usar fogo para eliminar a vegetação dos terrenos.