A mostra de espetáculos “Contrastes”, que acontece no Teatro Eduardo Kraichete (Avenida Roberto Silveira 123), está chegando ao fim, mas ainda tem muita peça nesse mês de setembro. Para fechar a maratona de espetáculos, a Oficina Social de Teatro vai presentear o público com apresentações que falam de amor, costumes e corrupção.

Na quarta-feira (20) às 19h30 entra em cena a peça “Quem casa quer casa”, de Martins Pena, sob a direção de Erika Ferreira. A encenação é uma comédia de costumes escrita em 1845, que aborda de forma sutil e extremamente divertida as controvérsias e confusões de uma família.

E para fechar a mostra com chave de ouro, a OST levará ao palco o espetáculo “O inspetor geral”, de Nikolai Gógol, sob a direção de José Geraldo Demezio. A encenação aborda a realidade de uma aldeia que descobre que será alvo da visita de um inspetor geral e o governador e gestores públicos locais ficam apavorados ao pensar que o governo central czarista descobrirá suas más gestões e descaso com a coisa pública. O inspetor é confundido com um bonvivant de São Petersburgo em visita à aldeia. Viciado em jogo e repleto de dívidas, aproveita da situação para tirar dinheiro da comunidade. Ingressos: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia).