A idealizadora da grande festa da solidariedade, Denize Garcia, comemora o 18º ‘Chique’ ao lado da primeira-dama de Niterói, Fernanda Sixel

A cerimonialista Cecília Vasconcelos se superou mais uma vez, com um trabalho deslumbrante, fazendo com que os convidados transitassem na festa tantos nas mesas, como circulando e conversando com amigos. O jantar primoroso, com assinatura da chef Monique Gabiatti, estava digno dos deuses, assim como o buffet japonês da consagrada Mayumi. O show do cantor Marcos Hasselmann foi um presente com standards do jazz, numa combinação perfeita com o clima do evento, que era de celebração, afinal, a festa também comemorava a maioridade do ‘Chique’. Uma mesa de doces, aliás, um sucesso, levou a assinatura Nenenui Patisserie, das chefs Alana Rocha e Debbie Vasconcelos, bolo de Bia Nazar, Pierassol, Roberta Castro e Paula Júdice.

A fina-flor da nossa sociedade marcou presença e de forma muito elegante, pois o que se viu foram homens e mulheres em trajes chiquérrimos e, como disse uma convidada, “uma festa desse porte pede que trajamos o melhor, em homenagem aos anfitriões”. A lista de presenças teve o prefeito Rodrigo Neves, muito assediado pelos convidados, e sua esposa Fernanda Sixel Neves; todo secretariado municipal; médicos; empresários de vários setores, como da construção; personalidades que, desde da primeira edição do ‘Chique’, não faltam uma; e, claro, nossas incansáveis patronesses, que com esforço e muito carinho ajudam o evento a acontecer.

Essa edição, em especial, me deixou muito feliz, e com a certeza de dever cumprido. O ‘Chique’ é uma festa que, além de ser um encontro de comemoração, tem como objetivo principal ajudar ao próximo, e esse tem sido nosso compromisso ao longo desses 18 anos.