Hospital receberá obras no CTI e no centro cirúrgico

No último dia do projeto Prefeitura Móvel, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou unidades médicas e instituições de ensino do Barreto, bairro escolhido para receber esta etapa do programa.

A primeira vistoria ocorreu na Policlínica João Vizela, reformada, ampliada e modernizada pela atual gestão e que, antes da obra, atendia cerca de 2 mil pessoas por mês e atualmente realiza mais de 6 mil atendimentos mensais.

Acompanhado da secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, Rodrigo Neves enfatizou os investimentos feitos nessa área:

“sabemos que a saúde é sempre um desafio, pois é um problema do país e vários municípios fecharam hospitais e postos de saúde. Mas em Niterói, ao contrário desse movimento, nós estamos reabrindo e construindo unidades. A lei determina que sejam investidos pelo menos 15% do orçamento na saúde. Aqui estamos investindo mais de 20%. Isso não é fácil, mas com uma gestão fiscal responsável podemos realizar esses investimentos”.

Da Policlínica João Vizela, o prefeito seguiu para o Hospital Orêncio de Freitas, onde reinaugurou o ambulatório da unidade, completamente reformado e ampliado. O ambulatório, que recebeu o nome de Helly Reis, não teve seus atendimentos interrompidos durante as obras, ganhou quatro novos consultórios e foi completamente informatizado.

No local, Rodrigo Neves conversou com um dos mais antigos profissionais da unidade, o médico Guilherme Eurico, de 83 anos, fundador do serviço de cirurgias do hospital, quando o Orêncio de Freitas passou a integrar o Sistema Único de Saúde (SUS).

“Desde que assumimos a prefeitura estamos gradualmente recuperando a rede de assistência à saúde de Niterói que, durante muito tempo, ficou sem investimentos e o Orêncio de Freitas foi um dos que mais sofreu com essa situação. Essa unidade é muito importante para os moradores e é uma escola de formação de cirurgiões não apenas para o Niterói como para o estado. É um hospital que tem grande relevância na formação desses profissionais.”, disse Rodrigo Neves, revelando que a unidade deverá receber novas obras graças a duas emendas parlamentares feitas em Brasília pelos deputados federais Chico D’Ângelo e Alessandro Molon.

Maria Célia Vasconcellos antecipou quais serão as intervenções no hospital:

“com o passar do tempo, a capacidade da unidade foi sendo reduzida. Com essas obras, vamos ampliar o CTI e recuperar as seis salas do centro cirúrgico. A revitalização começou pela reforma do ambulatório”.

Ao sair do Orêncio de Freitas, o prefeito visitou a escola Iguatemi Coquinot, que foi totalmente climatizada. No local, Rodrigo Neves conversou com profissionais e alunos. Acompanhado da primeira dama Fernanda Sixel, ele recebeu cartas com pedidos das crianças. O prefeito ainda participou de um almoço com servidores da saúde e da educação e retornou à prefeitura Móvel para prestar atendimentos.