Competição vai definir os campeões da temporada 2017 em várias categorias

A Praia de Itacoatiara será a sede, de 2 a 4 de novembro, da terceira e última etapa do Circuito Niteroiense de Surfe. Organizado pela Associação de Surfe de Niterói (ASN), o evento terá pontuação dobrada, aumentando a chance de mais atletas na corrida pelo título da temporada. A competição tem apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL) e deve contar com a participação de 80 atletas.

Depois de alguns adiamentos por causa da condição das ondas, a intenção da associação é realizar o campeonato na quinta e sábado, sendo que as categorias serão iniciadas e concluídas no mesmo dia para facilitar os atletas. No dia 2 serão disputadas todas as fases da Open, Junior, Master e Grand Master, além da bateria de homenagem aos Legends fundadores da ASN. Já no dia 4, sábado, serão disputadas as categorias Mirim e Iniciante.

O surfista Ayrton Dylan abriu vantagem com duas vitórias e soma 2.000 pontos no ranking. Se ele chegar a final não poderá ser alcançado por mais ninguém. Em segundo está Theo Fresia, que tem 1.431 pontos. Ele precisa vencer e torcer que Ayrton pare em quinto. Marcelo Ribeiro e o niteroiense Luca Nolasco necessitam da vitória e que o líder termine em sétimo. Agora se Dylan não avançar às semifinais, abre oportunidade para mais quatro competidores, todos de Niterói: Luiz Oberlander, Ben Borges, Danilo de Souza e Marco Antonio Cofrinho.

Oito surfistas competem para ser o melhor niteroiense do circuito em 2016. Além dos que permanecem na briga pelo topo do ranking, Floriano Pinheiro, Thiago Villar e Guilherme Sodré podem finalizar a temporada como o melhor surfista da cidade. Entre Luca Nolasco (1.086) e Guilherme Sodré (656) a diferença é de pouco mais de 400 pontos, e com a pontuação dobrada na etapa final essa diferença pode ser tirada facilmente.

A categoria Grand Master tem três competidores com chances de título. Já a pontuação na Master está equilibrada, com cinco atletas na disputa. As categorias Junior e Mirim também estão equilibradas, com três surfistas com chance de título em cada uma delas.

O campeonato terá ainda uma atração especial. Depois da realização de uma bateria dos fundadores da ASN nos dois primeiros campeonatos do ano, dessa vez serão homenageados alguns dos primeiros surfistas profissionais de Niterói. Os surfistas Carlos Japão, Ricardo Tatuí, Marcelo Maia e Fernando Gal serão convidados para uma bateria comemorativa.