Último índice de infestação feito na cidade aponta níveis satisfatórios

Nesta sexta-feira (08), foi realizado o Dia D de combate ao Aedes aegypti, pela Fundação Municipal de Saúde, com um mutirão no bairro Maravista, na Região Oceânica. A ação, que teve como objetivo combater e prevenir a proliferação do mosquito, contou com aproximadamente 40 agentes, além de funcionários do Setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde.

No dia, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) percorreram as casas da região para identificar possíveis criadouros e eliminá-los. Além do combate, a operação contou com a distribuição de folhetos e cartazes contendo informações sobre as doenças transmitidas, sintomas e medidas necessárias para evitar a proliferação do inseto dentro de casa.

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) registrou que Niterói tem 0.9% de infestação de criadouros, o que indica baixo risco de surto da doença, patamar considerado satisfatório pelo Ministério da Saúde.

“O resultado do último LIRAa demostra a efetividade do trabalho que é realizado durante todo o ano pela Fundação Municipal de Saúde no combate ao Aedes. Mesmo tendo reduzido os números de arboviroses, o município vai intensificar as ações no verão. Nos meses mais quentes a incidência dos mosquitos é maior, por isso vamos continuar trabalhando para conseguir cada vez mais avançar nesta luta”, informou a secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos.