O Restaurante Cidadão Jorge Amado, no Centro, completa um ano de funcionamento neste mês e já foram servidas mais de 276 toneladas de alimentos. A unidade, que era administrada pelo Governo do Estado, foi municipalizada no dia 2 de janeiro de 2017, como primeiro ato do segundo mandato do prefeito Rodrigo Neves. A Prefeitura investiu cerca de R$ 3 milhões no local ao longo do ano.

O almoço é servido de segunda a sexta, das 10h às 15h, no valor de R$ 2, com cardápio variado. O café da manhã, das 6h às 9h, que custa R$ 0,50, é composto por pão com manteiga e café com leite, café puro ou refresco.

A supervisora técnica de Nutrição do Restaurante Cidadão Jorge Amado, Mariana Alfenas, explica que o espaço possui um cardápio balanceado elaborado por nutricionistas e uma política de segurança alimentar severa no preparo e armazenamento de alimentos.

“Diariamente, checamos tudo para ver se está dentro das regras da Vigilância Sanitária. Dentro do controle de qualidade temos diversas planilhas para monitorar e ter a certeza que estamos oferecendo uma refeição de qualidade para a população”, destacou.

Durante todo o ano, o restaurante foi a única opção de refeição para muitas pessoas. Tânia Maria Gonçalves é moradora de um dos abrigos municipais e conta que três vezes na semana almoça no local.

“Faço um curso no Centro de Niterói e, quando saio, almoço aqui. A comida é muito boa e de excelente qualidade. Tenho que agradecer muito a Deus por estar abrigada em um local digno e por existir esse restaurante, onde muitas pessoas conseguem fazer suas refeições por um preço acessível”, disse.

A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Verônica Lima, afirmou que esse é o equipamento mais importante da política de segurança alimentar e nutricional no Município.

“Fico emocionada em saber que esse local está servindo a tantas pessoas e proporcionando uma alimentação digna e de qualidade. Celebrar um ano de funcionamento é uma vitória para a população de Niterói”, destacou.