Previsão é de que o trabalho seja concluído na próxima semana

A obra de macrodrenagem e pavimentação da Avenida Professora Romanda Gonçalves, no Engenho do Mato, Região Oceânica, entra na reta final. Com 95% do projeto executado, a previsão é de que o trabalho seja concluído na próxima semana.

“Vamos concluir a pavimentação de um trecho de aproximadamente 500 metros e fazer as calçadas”, detalhou o secretário municipal de Obras, Vicente Temperini.

Orçada em R$ 19 milhões, a obra que tem três quilômetros de extensão é fundamental para o bairro, já que possibilitará a microdrenagem de ruas do Engenho do Mato e do Maravista, além de evitar problemas de alagamentos na região.

A execução desta obra foi dividida em cinco fases: os trechos do Condomínio Colina Azul até a Rua César Donadel; da Avenida 2 até a Rua Adalgisa Monteiro; da Rua César Donadel até a Estrada Francisco da Cruz Nunes; do trecho entre a Rua República Dominicana (antiga Rua 23) e a Avenida 2; da Estrada do Engenho do Mato até a Rua República Dominicana.

Vicente Temperini enfatizou que a macrodrenagem da avenida é importante para resolver os problemas de alagamentos da região, além de ser uma via fundamental para o bairro, uma vez que é paralela à Avenida Central.

“Novas intervenções serão realizadas este ano na Região Oceânica. No Boa Vista, o canteiro de obras já está sendo montado. Os projetos executivos para o Maravista e o Serra Grande estão sendo realizados, e para o Engenho do Mato e o Maralegre estão em fase de contratação”, disse o secretário.

Nos últimos quatro anos e meio, só na Região Oceânica, a Prefeitura investiu mais de R$ 100 milhões em obras de drenagem e pavimentação. Foram drenados e pavimentados bairros inteiros como o Cafubá, a Fazendinha e o Bairro Peixoto, e parte de Piratininga, Camboinhas, Maravista e Maralegre. São mais de 150 ruas, que nunca tinham recebido asfalto, com obras executadas.

No fim do ano passado, foi concluída a maior obra de macrodrenagem da Região Oceânica, que deve solucionar problemas de alagamentos que existem há décadas na Estrada Francisco da Cruz Nunes. Esse projeto também vai beneficiar o loteamento Santo Antônio. O atual governo municipal tem como meta drenar e pavimentar todas as ruas da R.O. até 2020.