Ciep Esther Botelho Orestes, no bairro do Cantagalo

Colégios serão municipalizados e desenvolverão projetos educacionais, culturais e esportivos

Os espaços de dois Cieps, que há anos estão abandonados pelo governo estadual, serão municipalizados pela Prefeitura de Niterói. As antigas escolas – localizadas no Cantagalo, na descida do Parque da Colina, e entre os bairros do Fonseca e Cubango, na Rua Leite Ribeiro – serão transformadas em unidades que desenvolverão projetos de educação, cultura e esporte para crianças e jovens dos seis aos 16 anos. As obras de recuperação ficarão prontas no segundo semestre.

“Tenho um orgulho muito grande pelo fato de que todos os esforços fiscais e orçamentários feitos pela nossa gestão também terem se refletido em investimentos na educação”, afirmou o Prefeito.

Neves destacou que Niterói, nos últimos três anos, foi a cidade que mais ampliou os investimentos em educação, entre todas as cidades do Brasil.

“Eu tenho orgulho de ter feito algumas coisas que foram muito importantes, como o túnel Charitas-Cafubá, mas me orgulho mesmo de ter sido um prefeito que, em um período de um mandato, mais implantou unidades de educação em Niterói, como as do Sapê, na região do Caramujo, na Vila Ipiranga, no Barreto, em Piratininga, em Santa Rosa. Foram 23 novas unidades municipais de educação em Niterói, e agora nós vamos inaugurar a próxima no bairro de Charitas, no Preventório, que será a maior Umei de Niterói. Não tenho dúvida que a educação é um caminho para o nosso País, falo como sociólogo e por meus pais, que deram aula na rede pública. Nossa querida cidade terá um futuro diferente, melhor e mais próspero, se nós cuidarmos da educação com esse olhar diferenciado”, ressaltou.