Projetos para Maravista e Serra Grande também são desenvolvidos

A obra de macrodrenagem e pavimentação da Avenida Professora Romanda Gonçalves, no Engenho do Mato, Região Oceânica, foi concluída nesta sexta-feira (23). O prefeito Rodrigo Neves, que esteve no local na terça-feira (20) para uma última vistoria, adiantou que os projetos executivos para as obras de infraestrutura do Maravista e do Serra Grande já estão sendo desenvolvidos.

Para a conclusão da obra na Romanda Gonçalves, orçada em R$ 19 milhões, equipes trabalharam na pavimentação e construção de calçadas em um trecho de aproximadamente 300 metros.

“Essa região sofreu durante décadas com alagamentos. A obra possibilitará a microdrenagem de ruas do Engenho do Mato e do Maravista, a melhor mobilidade da Avenida Central, além de mais qualidade de vida para os moradores e a valorização dos imóveis”, enfatizou Rodrigo.

O prefeito ressaltou que, através de um projeto bem estruturado e planejado, a Região Oceânica vem recebendo, nos últimos quatro anos, o maior investimento de sua história, após décadas de abandono. Neves explicou que já foram iniciadas as obras no Boa Vista e que os projetos executivos para o Engenho do Mato e o Maralegre estão em fase de contratação.

“Vamos receber representantes dos moradores de todas essas regiões para apresentar os projetos que serão executados, assim como fizemos no Boa Vista. Vamos deixar um legado. O Santo Antônio, outra região que sofre com alagamentos, também receberá obras de infraestrutura. As obras de macrodrenagem em Piratininga e Itaipu, realizadas na Estrada Francisco da Cruz Nunes e na Avenida Almirante Tamandaré, finalizadas no ano passado, contribuíram para melhorar a situação do loteamento”, afirmou.

Moradora do Engenho do Mato há 27 anos, Glória da Costa, de 61 anos, reconhece e aplaude todo o trabalho que vem sendo feito na Região Oceânica.

“Desde que mudei para Niterói, ouço a promessa de que a Romanda Gonçalves seria asfaltada. Hoje, ao sair no portão da minha casa para passear com a minha neta, a realidade que encontro é completamente diferente. A via está toda pavimentada. Além dos benefícios no meu bairro, ainda ganhamos o túnel Charitas-Cafubá, que foi outra grande conquistada para os moradores. Posso dizer que agora temos, realmente, uma nova Região Oceânica”, disse.