Raphael Garcia vence por nocaute e leva cinturão da categoria Cruzadores 

Dois minutos e 42 segundos foi o tempo necessário para o atleta niteroiense Raphael Dom Garcia derrubar o seu oponente Anderson Cara de Ferro, no 3° round, na disputa pelo cinturão de campeão brasileiro de Boxe da categoria Cruzadores, que aconteceu domingo (18), Academia Delfim, na Tijuca. Com essa façanha, Dom Garcia é o primeiro representante do Estado do Rio de Janeiro a levar o título de campeão brasileiro de boxe.

O combate foi acirrado. Os dois primeiros rounds demoram três minutos, que é o tempo máximo de cada luta. O próprio campeão brasileiro reconheceu que seu oponente é talentoso e que resistia aos seus golpes.

“Minha estratégia foi usar da agressividade. Fui para dentro com golpes potentes. Eu batia e ele não caía. Adversário duro. Foi o que mais durou no ringue comigo”, confessou.

O lutador comemorou o feito com seus amigos e familiares e adiantou que quer voar mais alto.

“Sempre senti que esse título era meu. Quando eu fui para Bahia treinar com o campeão mundial, Chibata Matos, ele me disse que só dependia de mim para ir longe. Acreditei, e quero o Sul-Americano da WBF ainda este ano”, afirmou.

Apaixonado por esportes, Raphael pratica atividades desde os sete anos de idade. O campeão já passou por futebol, natação, judô e capoeira, até se dedicar verdadeiramente ao boxe, com 19 anos de idade.