Cidade pode ganhar festival de cinema latino-americano em 2019

O prefeito Rodrigo Neves aproveitou sua estada em Havana, em Cuba, para iniciar acordos no campo da Cultura, principalmente no setor audiovisual. Em uma reunião no Instituto de Arte e Indústria Cinematográfica (Icaic), Rodrigo, acompanhado do presidente da Fundação de Arte de Niterói, André Diniz, explicou que o Município está investindo no Programa Niterói Audiovisual, que reúne uma série de ações para transformar a cidade em referência na área.

Durante o encontro, a realização de um festival de cinema cubano e latino-americano em Niterói entrou em pauta.

“Nossa ideia é aproveitar a curadoria do Festival de Cinema de Havana, que acontece em dezembro deste ano, e promover um festival em Niterói no primeiro semestre do ano que vem, reunindo também clássicos do cinema cubano, como Lucía e Retratos de Teresa”, explicou o Prefeito.

Também foi visitada pela comitiva de Niterói a Escola Internacional de Cinema e Televisão de Santo Antônio de Los Baños. A entidade, que faz parte de uma fundação criada pelo escritor Gabriel García Marquez há 33 anos, é uma referência. Rodrigo Neves e o diretor da instituição, Jerónimo Labrada, conversaram sobre a possibilidade da prefeitura promover um programa de bolsas de estudos para estudantes niteroienses.

“É uma obrigação da nossa escola não perder o contato com outras culturas, principalmente quando se trata de uma cidade do Brasil, um país com quem temos laços históricos e culturais muito profundos”, ressaltou Labrada, diretor da escola que já formou profissionais de 60 países e hoje tem 12 alunos brasileiros.