Siga o Folhanit:  

Denize Garcia Niterói

10/06/2017 às 21:10

Garagem subterrânea é inaugurada em Charitas

Obra tem 230 vagas para carros, 75 para motos e 23 para bicicletas


A Prefeitura de Niterói e a Niterói Rotativo inauguraram na tarde de quinta-feira (08/06) a garagem subterrânea de Charitas. Localizado na orla, na altura entre as ruas Eurico Manoel do Carmo e Dr. Armando Lopes, o local conta com 230 vagas para carros, 75 para motos e 23 para bicicletas, distribuídas em 5 mil metros quadrados.

O projeto faz parte do conjunto de investimentos em mobilidade e infraestrutura que está sendo realizado em Charitas, que inclui a abertura do túnel Charitas-Cafubá e a construção da Transoceânica. Também começou a funcionar no bairro o sistema rotativo de vagas na Avenida Prefeito Silvio Picanço e na Rua Murilo Portugal, com cerca de 250 vagas para o estacionamento na superfície. Com cerca de 250 vagas, o rotativo custa R$3,50 a cada duas horas e também funcionará das 6h às 23h.

A implantação do sistema atende a determinação do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), assinado em 2012, pela Prefeitura, a concessionária Niterói Rotativo e o Ministério Público. “Recentemente entregamos o projeto mais importante da cidade, o túnel Charitas-Cafubá, que reduziu a distância entre a Região Oceânica e a Zona Sul, melhorando a qualidade de vida da população. A garagem se integra a estes investimentos no sentido de melhorar a organização e o ordenamento da mobilidade do bairro, que agora recebe um grande fluxo de veículos vindos do túnel”, comentou o prefeito Rodrigo Neves.

A garagem funciona das 6h às 23h e tem custo de R$20 a diária para os carros a partir da quarta hora de estacionamento. O valor da hora é de R$5. Para motos, o preço é único, custando R$10, assim como para os proprietários de bicicletas, que pagarão apenas R$1,25 para utilizar as vagas.

“Esta obra é mais um exemplo de que as Parcerias Público-Privadas (PPPs) melhoram a qualidade da vida urbana e do cidadão, sem necessariamente contar com recursos públicos. Já temos a parceria na concessão do saneamento, que desde 2013 vem trabalhando em investimentos para a cidade e colocou Niterói no primeiro lugar em saneamento do estado do Rio de Janeiro. Até 2020 vai colocar a cidade como primeira no ranking do país, chegando a 100% do esgoto tratado. Ainda temos o mobiliário urbano e o Reserva Cultural como exemplos de PPPs bem-sucedidas”, exemplificou o prefeito, que visitou a garagem acompanhado do vice-prefeito eleito Comte Bittencourt e do presidente do Niterói Rotativo, Amaury Andrade.

 A construção da garagem é uma contrapartida da empresa Niterói Rotativo pela administração das vagas rotativas na cidade. A concessionária, que também construiu um estacionamento subterrâneo no Centro, instalou durante a escavação 690 estacas metálicas e retirou 4 mil caminhões de terra. A laje superior da garagem foi feita para suportar o peso de um tanque de exército. A obra custou R$22 milhões e foi toda custeada pela empresa.

O calçadão da praia de Charitas, no trecho onde fica a garagem, também ganhou cara nova. Além de ter sido todo refeito, a área agora conta com jardineiras e pontos de ônibus com abrigo e bancos. A iluminação, tanto do lado do calçadão quanto do lado dos imóveis, está sendo substituída por LED, além dos postes terem sido remanejados para o calçadão. Antes, os postes de luz ficavam no canteiro central.

 “Esta revitalização tem como objetivo incentivar que a população utilize também a orla à noite, seja para praticar esportes ou passear. Charitas é um bairro que vem se transformando, conta com um polo gastronômico e agora recebe um fluxo maior por conta do túnel. Temos que acompanhar as transformações e trabalhar para que o espaço de torne o melhor possível para o aproveitamento da população”, exclamou a secretária municipal de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa.


Sede: Av. Ernani do Amaral Peixoto, 171 - Sala 805 B - Centro - Niterói - RJ - Tel/fax: (21) 2610-9120 | 2611-5400 - Folha de Niterói. Todos os direitos reservados
2011 | Website desenvolvido por Movementes Comunicação na Web