Siga o Folhanit:  

Denize Garcia Niterói

08/07/2017 às 11:52

Niterói ganha Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos

Além da esterilização gratuita, espaço também oferecerá cursos de banho e tosa


Cães e gatos que vivem nas ruas serão os primeiros alvos do Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), inaugurado segunda-feira (03/07), no Fonseca. Os bichinhos acolhidos estão sendo cadastrados pela Coordenadoria Especial de Direitos dos Animais (Ceda) e esterilizados no decorrer deste mês nas dependências do centro. Após a cirurgia, os mesmos serão oferecidos para adoção. Os que não forem adotados voltarão para os seus locais de origem.

No final de julho, os proprietários de animais poderão se cadastrar para marcar as cirurgias gratuitas de castração, que terão início em agosto. O CCPAD possui dois centros cirúrgicos com equipamentos de última geração, sala de pósoperatório, canil, gatil e consultórios. No CCPAD também serão oferecidos cursos profissionalizantes de banho e tosa, voltados para a capacitação de jovens em situação de vulnerabilidade.

“A administração municipal tem que cuidar das pessoas, da infraestrutura, e do meio ambiente. Por isso estamos preocupados com a proteção de nossos remanescentes de Mata Atlântica, estamos fazendo o maior programa de arborização urbana da história da cidade, plantando milhares de mudas em três anos, e é por isso que estamos fazendo esse trabalho de proteção aos animais. Nós aprovamos em 2015 a Lei Municipal de Proteção Animal, e agora, com a inauguração desse centro, a gente disponibiliza para a sociedade de Niterói e para os nossos animais um equipamento de altíssima qualidade", afirmou Neves.

O coordenador dos Direitos dos Animais, Daniel Marques, disse que inaugurar o centro é um momento de realização de sonho. “O CCPAD, além de ser um aparelho de proteção animal, será um centro de inclusão social com os cursos profissionalizantes gratuitos. Estamos aqui para servir à população, saber onde estão os animais, esterilizar, controlar as colônias, saber do que os protetores precisam e apoiá-los, e fazer política de educação, necessária para coibir o abandono e os maus-tratos”, explicou.

Axel Grael, secretário da Executiva municipal, ressaltou que a proteção animal é uma tema da maior importância, e que a Prefeitura sabe como as pessoas anseiam em ver políticas públicas que melhorem a qualidade de vida dos animais.

“Com o controle populacional poderemos garantir um convívio melhor, evitar o sofrimento dos animais, fazer com os que eventualmente estejam precisando de atenção e de cuidados possam ser abrigados no centro e depois readaptados. As políticas públicas ambientais de Niterói, como um todo, são hoje reconhecidas e são uma referência para o país, não só a proteção animal, mas a criação de áreas verdes, como o programa Niterói Mais Verde que nos coloca na vanguarda das estratégias de conservação de ecossistemas. Na área de saneamento, a cidade vai ter um papel de liderança ainda maior quando forem concluídos os investimentos que estão e andamento e nós chegaremos a 100% de esgoto coletado e tratado. Nós temos conseguido fazer com que a cidade avance na agenda da sustentabilidade, na mobilidade, no urbanismo”, destacou Grael.


Sede: Av. Ernani do Amaral Peixoto, 171 - Sala 805 B - Centro - Niterói - RJ - Tel/fax: (21) 2610-9120 | 2611-5400 - Folha de Niterói. Todos os direitos reservados
2011 | Website desenvolvido por Movementes Comunicação na Web